Sinais de Alerta no Idoso

Sinais de Alerta no Idoso

A sede do conhecimento a séculos leva o homem a tão sonhada longevidade, e hoje em pleno ano de 2016, podemos dizer – conquistada, já que vivemos mais anos que nossos ancestrais puderam imaginar. Porém essa tão desejada longevidade, só é bem aceita quando acompanhada de qualidade de vida e independência, porém sabemos que o processo de envelhecimento, trás consigo algumas mudanças provenientes deste processo.

Estas mudanças se dão devido a diminuição da capacidade fisiológica, ou seja, o organismo leva mais tempo para responder a fatores estressantes ou causadores de doenças. Por isso familiares e cuidadores de idosos, devem ficar atentos á alguns sinais de alerta.

  1. Variações súbitas de comportamento (confusão, agitação, agressividade, esquecimento);
  2. Dificuldade para caminhar, desequilíbrio, quedas;
  3. Urina com coloração escura e mal cheirosa;
  4. Dor de surgimento repentino;
  5. Alterações neurológicas (falta de sensibilidade em alguma parte do corpo, movimentos involuntários);
  6. Tosse e falta de ar;
  7. Alterações do apetite;
  8. Alterações do sono (insônia ou sonolência excessiva)

É importante procurar ajuda médica ao notar algum destes sinais, pois quanto mais rápido for o atendimento menor a chance de complicações.

Enfermeira Érica Malta