A IMPORTÂNCIA DA MUDANÇA DE DECÚBITO

A IMPORTÂNCIA DA MUDANÇA DE DECÚBITO

A pele é o maior órgão do corpo humano e requer muita atenção.

Conforme vamos envelhecendo a pele também sofre alterações ficando mais sensível. Sua espessura diminui, os vasos sanguíneos rompe-se com maior facilidade, propiciando o aparecimento de manchas roxas (equimoses) aos pequenos traumas e predispondo a úlceras por pressão (UPP).

As úlceras podem ser desencadeadas por atrito da pele em superfícies rígidas, áreas que ficam úmidas por muito tempo, mas principalmente pela compressão dos capilares sanguíneos, levando a uma isquemia (falta de oxigênio no tecido) com posterior necrose (morte do tecido).

O aparecimento de manchas vermelhas que permanecem após a mudança de decúbito já é um sinal de alerta.

Realizar mudança de decúbito (posição) de 2/2h, com a utilização  travesseiros ou almofadas macias entre os joelhos, tornozelos e calcanhares, auxiliando a evitar o aparecimento dessas feridas.

O uso de colchões  ajudam no alívio  da pressão, como o colchão caixa de ovo e/ou colchão de ar.

Ao se realizar a mudança de decúbito, há uma descompressão dos capilares, irrigando as áreas que estavam sendo comprimidas, retornando a circulação sanguínea e mantendo o tecido saudável.

A prevenção do aparecimento dessas feridas é sempre a melhor opção, e a mudança constante de decúbito é a forma mais eficaz.

Renata Firpo – Fisioterapeuta

Roberta Seriacopi – Psicóloga